16 . 06 . 2022

Wiz fecha acordo com Voiter para vender seguro para empresas

Publicado por Valor Econômico em 15/06/2022

De acordo com o diretor comercial de bancos, serviços e varejo da Wiz Corporate, Marco Menezes, o acordo entre as instituições já nasce com grande capacidade de consolidação e crescimento

Em um novo capítulo na sua estratégia de diversificação de receita através de parcerias, a Wiz está anunciando um acordo com o Voiter (antigo Indusval) para a oferta de seguros para empresas. Diferentemente de outras transações, em que cria uma joint venture para explorar o balcão do banco parceiro por um prazo longo, desta vez a Wiz fechou um acordo comercial de um ano com o Voiter, que pode ser prolongado. Um acordo envolvendo “equity”, mais à frente, não está descartado.

De acordo com o diretor comercial de bancos, serviços e varejo da Wiz Corporate, Marco Menezes, o acordo entre as instituições já nasce com grande capacidade de consolidação e crescimento. “As duas têm como propósito estabelecer parcerias que sejam, de fato, benéficas aos clientes e, além disso, contam com uma visão muito parecida de investimento intenso em tecnologia e pessoas. Estamos animados e acreditamos que os resultados surgirão logo”, afirma.

Para o CEO do Voiter, Fernando Fegyveres, com a parceria o banco amplia seu portfólio e passa a oferecer de forma consultiva apólices de seguro garantia, de crédito, riscos especiais, cibernéticos, proteção ao patrimônio em geral, entre outros. “Queremos ampliar cada vez mais as possibilidades de soluções que impulsionem os negócios dos nossos clientes”, afirma.

Os executivos dizem que ainda é cedo para avaliar o potencial da parceria, mas Fegyveres comenta que gostaria de atingir uma penetração de seguros de 15% a 20% da base de clientes até o fim do ano.

A Wiz Corporate, que é a unidade B2B do grupo, trabalha com mais de 50 seguradoras. No primeiro trimestre, teve R$ 14,6 milhões em receitas, ou cerca de 6% do grupo. Mas Menezes diz que o segmento tem crescido bastante. “Queremos elevar nosso percentual dentro do conglomerado.”