26 . 07 . 2021

Wiz BPO e Construtivo: a solução antes do problema

Parceria com empresa de TI que tem DNA de engenharia desenvolve plataforma completa para acompanhamento e gestão de risco em obras

Uma grande obra é um projeto complexo, de muitas etapas, que envolve a realização de sonhos para quem a executa e quem dela se beneficia e, também, uma série de cuidados que precisam ser tomados quanto a prazos, à qualidade final e ao volume real do seu financiamento. Para reduzir o impacto de situações imprevisíveis em um empreendimento, os seguros dedicados à construção civil são importantes aliados. 

A Wiz oferece seguros para as diversas fases de uma obra, desde o início do financiamento e da habilitação de crédito à execução e à garantia da avaliação final de qualidade e segurança (veja infográfico). Por meio da unidade de negócio Wiz BPO, especializada em relacionamento com o cliente, backoffice e gestão de documentos, e, com a finalidade de agregar valor à sua atuação no segmento, a Wiz fechou em março parceria com a empresa Construtivo, de TI com DNA de engenharia, para oferecer um serviço de acompanhamento da obra detalhado e em tempo real, integrado à venda do seguro. 

O Construtivo entra com sua plataforma para automatizar os procedimentos que envolvem o acompanhamento e a gestão dos riscos do projeto e a WIZ BPO operacionaliza o sistema para assegurar que seja realizada uma fiscalização das obras em andamento. A plataforma de serviços, pioneira nesse tipo de inovação colaborativa, possibilita a gestão de processos, documentos e informações atualizadas de toda a execução do empreendimento, adaptados e totalmente conectados ao ecossistema de seguridade.

“Nós costumamos dizer que o seguro é comprado para não se precisar dele. Ninguém contrata um, seja de carro, muito menos de vida, pensando em usá-lo. A situação é a mesma para quem tem seguro para crédito viabilizador de uma obra. O objetivo é evitar qualquer evento que possa impactar a disponibilização de verba ou a continuidade das ações”, explica a diretora de Soluções Digitais da Wiz BPO, Clarissa Schmidt. Segundo ela, a proposta da Wiz é ir além de uma apólice que faz a proteção e, como intermediária da relação com a empresa de gestão de riscos, trazer tecnologia e inteligência para otimizar essa equação. 

Esse posicionamento foi um dos motores para alavancar a parceria com o Construtivo. O CEO da empresa de TI, Marcus Granadeiro, detalha que o trabalho de gerenciamento e automatização é voltado a garantir que a obra termine no prazo, com qualidade e dentro do custo. “O seguro é focado em mitigar o risco que estamos gerenciando na prática. A sinergia (entre a nossa atuação e a da Wiz) é muito grande.”

Granadeiro conta que a plataforma do Construtivo, já é conhecida no mercado e utilizada nos maiores projetos e obras do Brasil. Ele explica que a plataforma faz o mapeamento e o planejamento do que será monitorado e oferece a tecnologia para registro e acompanhamento em tempo real, observando os fluxos de trabalho personalizados para aquele projeto. 

Na prática

A solução já está à prova desde novembro do ano passado, em um projeto piloto, com o propósito de aprimorar a gestão física e financeira das obras de despoluição do Rio Pinheiros, na cidade de São Paulo, e, principalmente, a viabilização e o monitoramento completos para a disponibilidade de crédito. A execução foi escolhida para aplicar na prática os processos colaborativos idealizados pelas duas parceiras. 

A oportunidade para testar a plataforma surgiu com a contratação do seguro Garantia de Performance pela Allonda Engenharia e Construção, que venceu a licitação da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para executar as obras em um trecho do rio que compreende a bacia do Jaguaré. A apólice foi desenhada especificamente para este empreendimento pela Wiz Corporate, unidade de negócio do grupo especializada na distribuição de seguros ao mercado B2B.  

No início da implementação do projeto, foi feito, por meio da ferramenta, o monitoramento da ligação de tratamento de esgoto em residências próximas que ainda não estavam conectadas, o que garante o fim do despejo inadequado no curso d’água. A estimativa é de que, com essa ação, mais de 58 mil famílias tenham acesso ao tratamento de esgoto.

No entanto, para a nova ferramenta, o desafio foi além de apenas fiscalizar as obras de infraestrutura nas casas. Para viabilizar as primeiras ações, foi preciso estar preparado para receber uma quantidade considerável de dados. A plataforma reuniu inicialmente autorizações para a entrada em cada residência, registros da situação antes da intervenção, durante e como tudo foi finalizado pela empresa.

A previsão é de que, na segunda fase, a plataforma seja uma aliada na execução de obras de infraestrutura, uma vez que ainda acontecerá a ampliação da estação de tratamento para receber maior descarga de esgoto e da rede de coleta das residências até ela. “Um diferencial essencial na proposta, agora, é o monitoramento de muito perto pela seguradora para que os bancos de fomento tenham ainda mais garantias e segurança em relação ao andamento da obra, até para viabilizar os trâmites de financiamento em função do avanço nas fases”, exemplifica Granadeiro. 

BIM em pauta

Além da demanda potencial observada no mercado, a parceria das duas empresas se baseia em outra oportunidade: a entrada em vigor, neste ano, da exigência de implementação da tecnologia BIM (sigla em inglês para modelagem de informações da construção civil) em projetos de engenharia no Brasil, inclusive públicos, conforme previsto no Decreto Presidencial nº 9.377, de maio de 2018.

A expectativa do setor é de que o uso dessa tecnologia possibilite maior inovação na construção civil. “O timing não poderia ser mais perfeito”, comemora o presidente do Construtivo. Segundo Granadeiro, os modelos virtuais para visualização e acompanhamento de obras em tempo real já são reconhecidos como estratégicos para tornar o empreendimento mais eficaz e até mais barato.

Clarissa Schmidt também celebra a parceria e o processo colaborativo vivenciado. “É muito enriquecedor quando os parceiros nos procuram trazendo uma inovação em um pedaço do processo e nós conseguimos ampliar as soluções para mais oportunidades de negócio. Neste caso, entendemos que a tecnologia do Construtivo vai nos ajudar em algo muito maior e passamos a construir juntos”, argumenta. 

Para a diretora, a junção da visão da Wiz sobre a oportunidade a partir das necessidades dos clientes e da tecnologia que, muitas vezes, outras empresas já têm pode viabilizar um novo produto perfeitamente adequado para o mercado. “A gente quer que toda a cadeia de valor de venda e pós-venda de seguros tenha mais tecnologia e mais inovação. É daí que nascem as parcerias e as soluções que facilitam os processos para todos os lados.”