Como a transformação digital nos agronegócios pode aumentar a produtividade no campo

Estudos apontam para uma população de 9 bilhões de pessoas em 2050. Ou seja, cerca de 1,5 bilhão de pessoas a mais do que vivem na Terra hoje. A pergunta que fazemos é: teremos produção suficiente para atender a demanda? A resposta vem através da transformação digital: sim!

Nesse futuro não tão distante, o Brasil está entre os países que mais têm chances de contribuir para essa nova realidade. Isso porque estamos entre os poucos países que ainda têm possibilidade de expandir suas zonas de cultivo minimizando os impactos no meio ambiente.

Um negócio da área rural evolui ao equilibrar diariamente 3 pilares: redução dos custos de produção, maximização dos lucros e aumento da produtividade. E nesta busca, existem muitas soluções que podem tornar o caminho mais fácil, ainda que se trate de um trabalho com um dia a dia bastante imprevisível.

Não podemos nos esquecer que o agronegócio alcança dimensões impossíveis de serem humanamente monitoradas, cujo sucesso depende de fatores incontroláveis que vão desde o clima, geografia até pestes e parasitas. Por isso, percebemos uma contradição: apesar de termos todos os motivos para abrir mão do controle, precisamos de monitoramento para obtermos resultados de sucesso.

Após analisarmos todas as frentes de um negócio rural, fica fácil observar como será a transformação digital neste segmento. Desde o mapeamento da plantação até a gestão das pessoas que trabalham no negócio, a chave é a automatização de processos combinada com a integração das informações. Com tantas soluções disponíveis e resultados comprovados, uma coisa é certa: quem passar por essa transformação digital rapidamente, sai na frente.

Por esse motivo, a Wiz vem acompanhando todo esse processo e desenvolvimento, e agora conta com uma área voltada para o agronegócio em sua unidade dedicada para o mercado B2B, a Wiz Corporate, e assim realiza seu primeiro projeto em um dos setores da economia nacional que mais cresce no país. Nesta frente a Wiz Corporate atua em conjunto com a Wiz BPO, unidade especializada no pós-venda de seguros e produtos financeiros do conglomerado Wiz.

Por meio de um atendimento multiplataforma, que engloba call center disponível 24 horas por dia e sete dias da semana (24/7) e web app, tanto os corretores que comercializam seguros rurais e clientes finais poderão acionar ou acompanhar todas as etapas dos sinistros de forma remota e digital. “A Wiz BPO conta com uma plataforma integrada de vistoria que agiliza a processo de peritagem e de gestão da rede de peritos, além de contar com uma equipe de engenheiros agrônomos especialistas em regulação, seguindo alto padrão técnico alinhado com as apólices vigentes. As vistorias de campo utilizam ferramentas que possibilitam rastreio por geolocalização, o que evita possíveis fraudes no processo. Já o monitoramento feito via GPS proporciona a captação das coordenadas exatas dos registros fotográficos”, diz Leandro Leite, diretor executivo da Wiz BPO.

O processo de acionamento e regulação de sinistros para o segmento de agronegócios é analógico e leva em torno de 30 dias para ser finalizado. Transformando esse processo para uma versão 100% digital, como é a solução da Wiz, a perspectiva é que o atendimento e resolução do sinistro proporcione celeridade e comodidade ao produtor: “Com a atuação da Wiz BPO, o processo passa a ser totalmente online, com solução de ponta a ponta, da abertura do sinistro, agendamento, designação de perito, gestão de despesas, registro de vistoria e regulação, todas essas etapas inseridas em plataforma integrada, que pode ser acessada por meio de tablet ou celular dos segurados e vistoriadores e repassadas para a seguradora por meio da integração dos sistemas”, completa Júlia Guerra, diretora de agronegócios na Wiz Corporate.

A Wiz atua na venda de produtos financeiros, seguros e na prestação de serviços de pós-venda em Responsabilidade Civil, Habitacional, Vida, Property, RD Máquinas e Equipamentos e Crédito. Agora, o conglomerado aposta em mais um segmento para diversificar suas áreas de negócio e atuação. “A nova plataforma foi desenvolvida para atender as necessidades de nossos clientes e trazer mais segurança, rapidez e qualidade no processo de regulação de sinistro e de avaliação”, finaliza a diretora de Agronegócios.

Ficou interessado no assunto? Na próxima quinta-feira, dia 1º de outubro, teremos webinário gratuito e imperdível. Com a participação de Igor Vale, gerente de seguros de agronegócios da Wiz Corporate, Glauber Silveira da Silva, vice-presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Milho, Afonso Arinos, superintendente de operações da Wiz BPO e mediação de Júlia Guerra, diretora comercial de agronegócios, falaremos sobre como as transformações digitais podem impulsionar o desenvolvimento do agronegócio. Clique aqui para se inscrever e participe!