30 . 05 . 2018

O Compliance na Wiz

O time de Compliance da Wiz foi estruturado em 2016 com o objetivo de aprimorar os processos de governança da companhia, reafirmar o compromisso com a ética e a integridade em seus negócios e contribuir para a geração de valor. Em 2016 também foi implementada a Política Interna de Contratação de Terceiros e Fornecedores, a qual estabelece procedimentos a serem adotados em todos os processos pré e pós-contratação de terceiros e fornecedores, com o objetivo de garantir a transparência e fomentar a concorrência nas contratações, diminuindo a exposição da empresa a possíveis riscos e afastando a relação com pessoas e empresas de reputação questionável.

Em 2017 foi implementado o Programa de Compliance, com base nas regras previstas no Código de Conduta Ética, tendo sido ministradas mais de 32 turmas presenciais e aplicação de treinamento à distância para 1.100 colaboradores sobre o tema, representando 95% de colaboradores treinados em todos os níveis hierárquicos.

Veja abaixo os procedimentos para todas as contratações:

Em relação aos procedimentos que antecedem qualquer contratação realizada pela Wiz, destacam-se as atividades de due dilligence e background check, cujos objetivos são o conhecimento aprofundado do terceiro/fornecedor com o qual a companhia poderá se relacionar, bem como seus sócios ou demais pessoas físicas a ela relacionadas. Essas atividades buscam afastar da companhia o risco de eventuais terceiros/fornecedores que não se relacionem com o nosso valor de ética e integridade.

Entre as principais atividades realizadas no processo de pós-contratação, destaca-se a atividade de auditoria dos contratos críticos, aqueles que a companhia classifica como os associados a maiores riscos, sejam eles em razão dos valores ou da natureza jurídica do contratado. Essa atividade é fundamental para garantir a correta execução dos contratos, assegurando que os serviços contratados foram devidamente prestados.

Veja alguns dos nossos principais números em relação à Política de Contratação de Terceiros/Fornecedores no ano de 2017: